Decano deixa a Lava Jato

Decano deixa a Lava Jato

Carlos Fernando Santos Lima, que durante mais de quatro anos integrou a famosa força-tarefa do Ministério Público Federal no Paraná, retorna suas funções na Procuradoria Regional da República da 3ª Região

Redação

20 de setembro de 2018 | 15h00

Carlos Fernando dos Santos Lima. Foto: Pedro Filho/EFE

Depois de quatro anos integrando a força-tarefa Lava Jato do Ministério Público Federal no Paraná (MPF/PR), o procurador da República Carlos Fernando dos Santos Lima retorna às suas atividades na Procuradoria Regional da República da 3ª Região (PRR3), em São Paulo. Lima fez parte da formação inicial da operação com seis procuradores, designada pelo então procurador-geral da República, Rodrigo Janot, em abril de 2014, e deve se aposentar no próximo ano.

A saída do procurador Regional consta da Portaria PGR 843 publicada no Diário Oficial da União nesta quinta-feira, 20 de setembro. No mesmo documento está a designação do procurador da República Felipe D`Elia Camargo para ocupar a vaga de Lima. A portaria foi assinada pela procuradora-geral da República, Raquel Elias Dodge.

O novo integrante da força-tarefa é procurador desde 2013, já esteve lotado no Ministério Público Federal em Cascavel, e atualmente estava a frente do Ministério Público Federal em Joaçaba, em Santa Catarina.

“Os trabalhos da força-tarefa do MPF/PR prosseguem com todos os seus 13 integrantes e foram prorrogados pela procuradora-geral da República até pelo menos setembro de 2019, conforme a Portaria PGR 761, publicada no mês de agosto no Diário Oficial da União”, afirma o Ministério Público Federal.

Mais conteúdo sobre:

operação Lava Jato