De Temer para Eduardo Cunha e Henrique Alves

De Temer para Eduardo Cunha e Henrique Alves

Fábio Fabrini e Fábio Serapião, de Brasília, e Luiz Vassallo

Fábio Fabrini e Fábio Serapião, de Brasília, e Luiz Vassallo

18 de julho de 2017 | 20h01

Michel Temer e Eduardo Cunha na Câmara dos Deputados em junho de 2015.
FOTO: ANDRÉ DUSEK/ESTADÃO

O presidente Michel Temer (PMDB) enviou à Justiça Federal em Brasília respostas a 22 perguntas que lhe foram endereçadas pelo ex-deputado Eduardo Cunha e por um ex-ministro seu, Henrique Alves, no âmbito da ação penal em que os dois são acusados por supostos desvios e fraudes em financiamentos do Fundo de Investimentos do FGTS da Caixa. Temer foi contido ao responder as indagações de seu colega de partido e de seu ex-ministro. Em boa parte das questões, limitou-se a dizer ‘não’.