‘De olho na bomba’ faz blitz em 82 postos de combustível em 54 cidades de São Paulo

‘De olho na bomba’ faz blitz em 82 postos de combustível em 54 cidades de São Paulo

Fiscais da Secretaria da Fazenda do Estado vasculham dados cadastrais e qualidade dos combustíveis comercializados; com 20 alvos, capital paulista é município com mais postos na mira do Fisco

Igor Moraes

23 de janeiro de 2019 | 12h52

Agentes da Fazenda fiscalizaram postos de gasolina de SP. Foto: Divulgação/ Secretaria da Fazenda e Planejamento

A Secretaria da Fazenda e Planejamento de São Paulo deflagrou nesta quarta-feira, 23, uma operação para fiscalizar 82 postos de combustíveis distribuídos em 54 cidades paulistas. Batizada de “De Olho na Bomba”, a ação verifica dados cadastrais dos estabelecimentos e a qualidade dos combustíveis vendidos.

Um efetivo de 150 fiscais de renda de 18 Delegacias Regionais Tributárias foi mobilizado para a operação. Com 20 alvos, a capital paulista é a cidade com mais postos na mira do Fisco.

Os estabelecimentos foram escolhidos a partir de denúncias de consumidores e do cruzamento de informações. Os postos flagrados comercializando produtos irregulares terão suas inscrições estaduais cassadas e bombas lacradas. Além disso, os proprietários podem ficar impedidos de atuar no ramo pelo prazo de cinco anos.

Os agentes da Fazenda coletam gasolina e etanol em amostras que serão enviadas para um laboratório credenciado com o objetivo de verificar se os produtos cumprem os padrões mínimos determinados pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Tudo o que sabemos sobre:

Secretaria da FazendaCombustíveis

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.