Daniel Silveira vai ao Planalto e diz que está sem tornozeleira determinada por Moraes

Daniel Silveira vai ao Planalto e diz que está sem tornozeleira determinada por Moraes

Eduardo Gayer

31 de março de 2022 | 09h24

daniel_silveira_maryanna_oliveira_camara_dos_deputados

Daniel Silveira. Foto: Maryanna Oliveira/Câmara dos Deputados

O deputado federal Daniel Silveira (União Brasil-RJ) foi ao Palácio do Planalto na manhã desta quinta-feira. Questionado por jornalistas se já estaria utilizando a tornozeleira eletrônica determinada pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), o parlamentar – que se comprometeu ontem a utilizar o aparelho – negou.

Silveira foi visto na porta de um elevador do Planalto e não informou com quem se reuniria, mas negou que o encontro fosse com o presidente Jair Bolsonaro (PL). O chefe do Executivo ainda não chegou ao palácio.

Após descumprir reiteradamente decisões de Moraes, Daniel Silveira recuou ontem e disse que colocaria a tornozeleira eletrônica e, por isso, deixaria a Câmara dos Deputados e dormiria em casa. O magistrado determinou multa de R$ 15 mil por dia em caso de novo descumprimento, o que levou o parlamentar a ceder.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.