Correspondências de Marcelo Odebrecht

Correspondências de Marcelo Odebrecht

Ministério Público Federal juntou à Operação Lava Jato dezenas de e-mails trocados pelo empreiteiro entre 2008 e 2011, principalmente com Branislav Kontic, ex-braço direito do ex-ministro Antonio Palocci

Julia Affonso e Ricardo Brandt

27 Agosto 2017 | 12h00

O Ministério Público Federal juntou aos autos da Operação Lava Jato dezenas de e-mails do empreiteiro Marcelo Odebrecht. As mensagens abrangem o período de 2008 a 2011 e citam o ex-ministro Antonio Palocci.

Os arquivos reúnem uma intensa comunicação entre o executivo da Odebrecht e Branislav Kontic, o Brani, ex-braço direito do ex-ministro Antonio Palocci. Em muitos e-mails, Marcelo pede a Brani para marcar reuniões com o petista, a quem chama de ‘chefe’.

O e-mail de 30 de março de 2010, enviado às 11h17, por Marcelo Odebrecht a Brani e ao executivo da empreiteira Claudio Melo Filho trata de ‘uma MP específica’.

“Brani, Tudo bem? Diga ao chefe que a unica maneira de evitar as idas e vindas e acabarmos perdendo o prazo para uso do PFiscal é realmente uma MP especifica. Pagaríamos o saldo com PF durante a vigência da MP, e depois não importa as emendas, a MP poderia caducar”, pede Marcelo.

Documento

Documento

Documento

Documento

 

Mais conteúdo sobre:

operação Lava Jato