Cocaína no sutiã

Cocaína no sutiã

Polícia Federal e Receita apreenderam, durante o carnaval, no Aeroporto Internacional de São Paulo, mais de 20 quilos de drogas com passageiros, inclusive uma brasileira que pretendia embarcar para o Sri Lanka com pacotes ocultos sob as vestes

Pepita Ortega

26 de fevereiro de 2020 | 12h03

Polícia Federal apreendeu mais de 20 quilos de drogas com passageiros que iriam viajar para o exterior no período do carnaval. Foto: Polícia Federal

Em ação conjunta com a Receita no Aeroporto Internacional de São Paulo (Guarulhos/Cumbica), a Polícia Federal apreendeu mais de 20 quilos de drogas com passageiros que iriam viajar para o exterior no período do carnaval. No sábado, 22, policiais federais, acionados por funcionários que operam os aparelhos de raio-x, identificaram duas passageiras, ambas brasileiras, com volumes contendo cocaína ocultos sob as vestes.

Segundo informações divulgadas pela Comunicação Social da PF no Aeroporto, na primeira ação, uma mulher de 20 anos de idade foi flagrada com 32 pacotes, com a droga, ocultos no sutiã e numa espécie de shorts. A mulher, que estava cumprindo liberdade provisória, pretendia levar a droga para o Sri Lanka.

A outra passageira, que pretendia embarcar para Joanesburgo, na África do Sul, levava 3 Kg de cocaína oculta numa espécie de cinta abdominal.

Polícia Federal apreendeu mais de 20 quilos de drogas com passageiros que iriam viajar para o exterior no período do carnaval. Foto: Polícia Federal

Agentes da Receita, que atuam com o auxílio de cães de faro, fiscalizavam no domingo, 23, as malas despachadas pelos passageiros. Após a indicação dos animais, foram separadas duas malas e submetidas ao aparelho de raio-x, momento em que ficou evidenciada a existência de volumes contendo ‘substância orgânica’ em seus interiores.

Os policiais federais foram acionados e localizaram os proprietários das malas, um colombiano, de 33 anos de idade e um nigeriano de 35. Ambos foram conduzidos à sede policial para exames periciais em seus pertences.

Na mala do colombiano, que pretendia embarcar para a Índia, havia mais de 4 Kg de cocaína ocultos dentro de 3 calças jeans. Já com o nigeriano, que ingressou no país beneficiado pela Lei do Refúgio, foram encontrados outros 7 Kg de cocaína, escondidos em fundos falsos de bolsas femininas e de uma maleta. O destino da droga era a Etiópia.

Na terça, 25, a equipe do K9 da Receita identificou com o auxílio dos cães de faro, uma brasileira, de 35 anos de idade, que ocultou mais de 5 Kg de cocaína dentro de pacotes de sabonetes. A mulher pretendia levar a droga para Port Harcour, na Nigéria.

Polícia Federal apreendeu mais de 20 quilos de drogas com passageiros que iriam viajar para o exterior no período do carnaval. Foto: Polícia Federal

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: