Cocaína no bombom

Cocaína no bombom

Receita e Polícia Federal apreenderam quase 20 quilos da droga em embalagens do doce no aeroporto de Guarulhos

Redação

23 de março de 2021 | 10h32

Foto: Reprodução

Equipes da Alfândega da Receita Federal e da Polícia Federal interceptaram quase 20 quilos de cocaína escondidos em embalagens de bombons no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, na região metropolitana paulista.

Os agentes fizerem duas apreensões no terminal entre a noite de segunda-feira, 22, e a madrugada desta terça, 23. Os primeiros 16 quilos da droga foram encontrados na mala de homem iraniano, portador de Registro Nacional de Estrangeiro (RNE), através de inspeção por raio-x.

“O homem apresentou documentos que demonstravam que a mala pertencia à sua mulher, nacional do Uzbequistão também possuidora de RNE, que teria viajado com destino ao Irã, mas que fora inadmitida naquele país”, informou a PF.

O estrangeiro foi conduzido à Superintendência da Polícia Federal em São Paulo para perícia na mala. A PF informou que abriu um inquérito para dar continuidade às investigações.

Em outra ação, realizada por policiais federais junto aos balcões de check-in do aeroporto, um brasileiro, de 28 anos, que pretendia embarcar com destino a Nairobi, no Quênia, foi preso com quase 3 quilos de cocaína. A droga também havia sido colocada dentro de embalagens de bombons.

O preso e suspeitos responderão junto à Justiça Federal pelo crime de tráfico internacional de drogas.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.