Cocaína na retroescavadeira

Cocaína na retroescavadeira

Alfândega da Receita no porto de Santos encontra carregamento de 158 quilos da droga oculto dentro da máquina que seria embarcada com destino a Valência, na Espanha

Pepita Ortega e Paulo Roberto Netto

19 de novembro de 2019 | 12h36

Cocaína na retroescavadeira. Foto: Receita Federal

Em uma ação que durou todo o dia desta segunda-feira, 18, no interior de um terminal portuário de Santos, servidores da Alfândega da Receita Federal localizaram 158 kg de cocaína escondidos dentro de uma retroescavadeira prestes a ser exportada para a Europa.

A retroescavadeira, já usada, seria exportada para Valência, na Espanha, mas passaria por baldeação no Porto de Antuérpia, na Bélgica.

Cocaína na retroescavadeira. Foto: Receita Federal

A seleção da carga ocorreu por critérios objetivos de análise de risco.

Várias máquinas do mesmo tipo foram escolhidas e submetidas à inspeção não intrusiva por escâner.

Em uma delas, devido às imagens e demais características observadas, cortou-se uma abertura na parte lateral do braço de acionamento da caçamba, por meio da qual foram localizados e retirados dezenas de tabletes envoltos em material plástico, totalizando 158 kg quilos de cocaína.

A droga interceptada pela Receita foi entregue à Polícia Federal, que acompanhou a operação a partir de sua localização e prosseguirá com as investigações a partir das informações fornecidas pela Alfândega.

Cocaína na retroescavadeira. Foto: Receita Federal

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.