Em 1ª apreensão do ano no Porto de Santos, Receita intercepta cocaína em carga de goiabada

Em 1ª apreensão do ano no Porto de Santos, Receita intercepta cocaína em carga de goiabada

Fiscais apreenderam 670 quilos da droga em meio a carregamento que seria embarcado com destino à Bélgica

Redação

05 de janeiro de 2021 | 14h42

Fiscais da Receita Federal encontraram 670 quilos de cocaína escondidos em carga de goiabada. Foto: Reprodução/Receita Federal

Na primeira apreensão de drogas no Porto de Santos, no litoral paulista, em 2021, equipes da Alfândega da Receita Federal interceptaram 670 quilos de cocaína escondidos em uma carga de goiabada. A droga, que seria embarcada para a Antuérpia, na Bélgica, foi entregue à Polícia Federal para a continuidade das investigações.

Segundo informações da Receita Federal, a apreensão foi feita na tarde de segunda-feira, 4. A carga foi selecionada para conferência a partir de critérios objetivos de análise de risco empregados nas fiscalizações de rotina. A inspeção começou com uma avaliação não intrusiva por imagens de escâner. Em seguida, o cão de faro da Receita sinalizou a presença de drogas. Aberta a carga, os agentes encontraram os tabletes de cocaína.

Em 2020, a Alfândega de Santos interceptou 20,5 toneladas de cocaína em cargas de exportação destinadas à Europa.

 

Tudo o que sabemos sobre:

Receita FederalPorto de SantosCocaína

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.