Cocaína em bolsas esportivas

Cocaína em bolsas esportivas

Mais de 420 quilos da droga seriam colocados em contêineres de um navio que tinha como destino o Porto de Antuérpia, na Bélgica

Pepita Ortega

13 de setembro de 2019 | 09h19

Cocaína em bolsas esportivas. Foto: Polícia Federal

A Polícia Federal e a Guarda Portuária, prenderam, na manhã desta quinta, 12, duas pessoas que transportavam cerca de 423 kg de cocaína no Porto de Santos. A droga estava escondida em 13 bolsas esportivas, dentro da cabine de um caminhão.

Segundo a PF, o destino da cocaína era o Porto da Antuérpia. A droga seria colocada em contêineres que seriam transportados pelo navio Uasc Khor. A embarcação partiria no mesmo dia para o terminal portuário belga.

Documentos encontrados no caminhão continham os números dos contêineres que seriam utilizados pela dupla para o embarque do entorpecente, indicou a corporação.

De acordo com a Polícia Federal, o motorista foi monitorado a partir de investigações em andamento e isso proporcionou a prisão da dupla.

A corporação informou que instaurou inquérito para formalizar as prisões e apreensões e aprofundar a apuração.

Tudo o que sabemos sobre:

Polícia FederalPorto de SantosCocaína

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.