Cerveja na ambulância!

Cerveja na ambulância!

Veículo da Santa Casa de Guararema, região metropolitana de São Paulo, foi usado na noite de sábado, 28, para transporte de fardos da breja; diretoria da entidade abre sindicância para investigar o caso

Pedro Prata

01 de outubro de 2019 | 15h50

A Santa Casa de Misericórdia de Guararema, município distante 80 quilômetros de São Paulo e com cerca de 30 mil habitantes, anunciou nesta terça, 1, que abriu sindicância para investigar o uso de uma ambulância para transporte de fardos de cerveja. O caso ocorreu na noite de sábado, 28. Um morador da cidade filmou a breja na ambulância. O vídeo viralizou nas redes.

A entidade reconheceu e ‘lamentou’ o ocorrido. “Na ocasião, funcionários da entidade participavam voluntariamente de evento beneficente com venda de produtos cuja arrecadação foi revertida para a própria Santa Casa”, informou o hospital, por meio de nota à imprensa.

No vídeo, é possível ouvir dois homens comentando a situação. “Em vez de transportar o pessoal, só breja! Só os fardinhos, vai lotar! Só em Guararema que acontece isso.”

A Santa Casa garante que o uso da ambulância para transporte de bebida não expôs ninguém a perigo e nem deixou Guararema desassistida.

“Esclarecemos ainda que tal utilização, apesar de errônea, não colocou em risco nem o atendimento prestado na área da festa, nem tampouco as demais demandas e rotina da instituição, pois havia estrutura extra de equipe no evento, sendo que nenhum paciente ficou desassistido neste período.”

Flagrante foi feito na noite de sábado, 28. Foto: Divulgação

O site da entidade diz que 85% de suas despesas são financiadas com subvenção da prefeitura de Guararema, ‘valores que podem somente ser usados para folha de pagamento, compra de medicamentos, serviços médicos e manutenção da entidade’.

Os 15% restantes são provenientes de repasses do Sistema Único de Saúde (SUS), planos de saúde e atendimentos particulares.

CONFIRA A NOTA DA SANTA CASA DE GUARAREMA NA ÍNTEGRA:

“A Santa Casa de Misericórdia de Guararema vem a público manifestar que reconhece e lamenta o erro ocorrido no último sábado (28/09). Informamos que uma sindicância foi instaurada para apurar os fatos e identificar as responsabilidades.

Esclarecemos que na ocasião, funcionários da entidade participaram voluntariamente do evento beneficente com venda de produtos, cuja arrecadação foi revertida para a própria Santa Casa.

Esclarecemos ainda que tal utilização, apesar de errônea, não colocou em risco nem o atendimento prestado na área da festa, nem tampouco as demais demandas e rotina da instituição, pois havia estrutura extra de equipe no evento, sendo que nenhum paciente ficou desassistido neste período.

A Santa Casa de Misericórdia de Guararema é uma entidade filantrópica, sem fins lucrativos, que atende a uma média de oito mil pessoas por mês e sobrevive graças a repasses e ao voluntariado, o que permite que permaneça prestando atendimento 24 horas por dia para toda a população de Guararema e região.”

COM A PALAVRA, A PREFEITURA DE GUARAREMA

A reportagem entrou em contato com a prefeitura. O espaço está aberto para manifestação. (pedro.prata@estadao.com)

Tudo o que sabemos sobre:

cervejaGuararema [SP]

Tendências: