Defensor-geral do Rio, Rodrigo Pacheco assume segundo mandato e promete avançar em projeto de inteligência artificial; assista à posse

Defensor-geral do Rio, Rodrigo Pacheco assume segundo mandato e promete avançar em projeto de inteligência artificial; assista à posse

Projeto, junto com o desenvolvimento de um banco de dados, faz parte da estratégia de migração do atendimento da Defensoria para o ambiente digital

Redação

07 de janeiro de 2021 | 09h55

rodrigo-pacheco-defensoria-publica-rj

O novo defensor público-geral do Rio de Janeiro, Rodrigo Baptista Pacheco. Foto: Defensoria Pública do Rio de Janeiro / Divulgação

O defensor público-geral do Rio, Rodrigo Pacheco, assume o segundo mandato à frente da Defensoria Pública do estado. Pacheco foi eleito para o cargo pela primeira vez em 2019, quando recebeu 886 votos de membros da Defensoria. Com a recondução, ele seguirá à frente da instituição até 2022. O foco para os próximos dois anos é avançar no projeto de inteligência artificial e banco de dados da instituição, que no último ano migrou o seu atendimento para o ambiente digital, através do lançamento do aplicativo Defensoria RJ

A cerimônia de posse acontece virtualmente nesta quinta, 7, às 10h e terá a presença do governador em exercício, Cláudio Castro. A solenidade pode ser acompanhada no canal da Defensoria Pública do Rio no Youtube.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.