Caso do juiz flagrado com o Porsche de Eike vira hit

A emissora FM 98, de Minas, lançou "Devolve o Porsche", uma paródia da famosa baladinha "Pare o casamento", interpretada por Wanderléa nos anos 60

Redação

02 de março de 2015 | 18h19

Virou hit musical o caso do juiz federal Flávio Roberto de Souza, afastado das funções na semana passada após ter sido flagrado conduzindo o Porsche Cayenne do empresário Eike Batista – veículo de luxo que o próprio magistrado havia decretado a apreensão. A emissora FM 98, de Minas, lançou “Devolve o Porsche”, uma paródia da famosa baladinha “Senhor juiz”, interpretada por Wanderléa nos anos 60.

Foto: Mariana Durão/Estadão

Foto: Mariana Durão/Estadão

 

O quadro abre com a voz do jornalista Chico Pinheiro, da TV Globo. “Veja essa história que está dando o que falar: o Tribunal Regional Federal do Rio de Janeiro abriu sindicância para apurar a conduta do juiz que foi flagrado dirigindo um Porsche do empresário Eike Batista.”

Afastado do caso, o juiz informou à Corregedoria Regional que vai pedir licença médica. O magistrado apresentará um atestado para se afastar do cargo por motivo de saúde. A corregedora nacional de Justiça, ministra Nancy Andrighi, determinou na quinta-feira, 26, que Souza deixasse os processos ligados ao empresário por considerar um risco o “juiz manter em sua posse patrimônio particular”.

OUÇA:

Tudo o que sabemos sobre:

Eike Batista