Casal ‘Dudu’ usufrui de recursos ilícitos ‘bem longe’ de Belém, diz Procuradoria

Casal ‘Dudu’ usufrui de recursos ilícitos ‘bem longe’ de Belém, diz Procuradoria

Investigadores da Operação Forte do Castelo descobriram que ex-prefeito da capital do Pará Duciomar Costa ‘Dudu’ e Elaine Baia Pereira, acusados em ações de improbidade por supostos desvios de R$ 400 milhões, residem em apartamento de 248 metros quadrados em São Paulo

Julia Affonso

09 Janeiro 2018 | 13h41

Foto: MPF/Reprodução

O Ministério Público Federal do Pará juntou a uma ação por improbidade administrativa contra o ex-senador e ex-prefeito de Belém Duciomar Costa (PTB), o ‘Dudu’, fotos do ex-chefe do Executivo com sua mulher. Segundo os investigadores da Operação Forte do Castelo – deflagrada em dezembro contra esquema de fraudes milionárias em licitações na gestão ‘Dudu’ em Belém – , as imagens apontam uma vida de luxo do casal em São Paulo.

Varredor de rua de Belém no governo ‘Dudu’ aumentou patrimônio em 6.567%, diz investigação

Duciomar ‘Dudu’, que está em regime de prisão domiciliar, foi senador entre 2002 e 2004 e prefeito de Belém entre 2005 e 2012.

Foto: MPF/Reprodução

A PF e a Procuradoria suspeitam que ‘Dudu’ comandava organização criminosa que teria desviado R$ 400 milhões dos cofres públicos por meio de fraudes a licitações durante sua gestão na capital paraense, entre 2005 e 2012, nas secretarias de Comunicação, Habitação e Urbanismo.

Mulher do ex-prefeito de Belém aumentou patrimônio em 200 vezes, diz Procuradoria

+ Grupo que desviou R$ 400 milhões não tinha capacidade financeira, diz PF

‘Dudu’ e sua mulher vivem em um apartamento de 248 m² na capital paulista, destacam os investigadores. O imóvel está em nome da empresa ST Sistemas e Transporte LTDA.

“Em uma estimativa de preço obtida na internet, para um imóvel localizado naquela localidade, o metro quadrado sairia atualmente por volta de R$ 7.950,00, o que faria um imóvel de 248 m² valer cerca de R$ 1,957 milhão: ainda, comprova-se que o casal vive maritalmente e usufruindo dos recursos financeiros obtidos ilicitamente com as fraudes na Prefeitura de Belém, bem longe da capital paraense”, afirmam os procuradores Alan Rogério Mansur Silva e Ubiratan Cazetta.

Elaine Baia Pereira foi alvo de quatro ações por improbidade. Contra ‘Dudu’, seu marido, o Ministério Público Federal ajuizou seis ações.

COM A PALAVRA, ‘DUDU’

A reportagem entrou em contato com a defesa de Duciomar Costa ‘Dudu’. O espaço está aberto para manifestação.

Mais conteúdo sobre:

BelémDuciomar Costa