Cartão pré-pago corporativo é a principal aposta para problemas de reembolso de funcionários

Davi Holanda*

11 de julho de 2019 | 15h23

O cartão pré-pago já caiu no gosto do consumidor brasileiro. Dados da ABECS (Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços) mostra que esse meio de pagamento cresceu 64,1% nos nove primeiros meses de 2018, o maior índice entre todas as categorias analisadas. As vantagens oferecidas às pessoas físicas chamaram a atenção das empresas, principalmente por proporcionar um maior controle financeiro.

Dessa forma, o cartão pré-pago corporativo está se tornando uma alternativa interessante para as organizações resolverem problemas com reembolso, um problema que incomoda grande parte dos empresários pela dificuldade de registro e análise de todas as transações efetuadas pelos colaboradores.

Confira cinco soluções que esse modelo de pagamento traz para o ambiente corporativo:

1 – Tenha uma gestão de gastos corporativos 100% online

O cartão corporativo segue o mesmo funcionamento do pré-pago comum para os consumidores, com a única diferença de ser utilizado dentro das empresas. Sua grande vantagem é facilitar a gestão das despesas nas organizações, como os gastos com funcionários, fornecedores, entre outros. Dessa forma, é possível ter uma visão completa de toda a movimentação financeira de forma 100% online, com uma plataforma intuitiva que oferece informações em tempo real.

2 – Desburocratize os meios de pagamento de sua empresa

Diferentemente das instituições financeiras tradicionais, que exigem inúmeros procedimentos para liberar um cartão corporativo, o pré-pago tem um processo bem simples de aquisição: basta se cadastrar no site da empresa responsável, informar os dados, escolher a forma de pagamento e contratar. Os cartões ficam disponíveis de forma virtual na conta para que possam ser usados até a chegada da versão de plástico.

3 –Centralize os registros de gastos da sua empresa

Com tantas despesas, muitos empresários enfrentam dificuldade de ter em um único lugar todos os registros dos gastos efetuados pela equipe de colaboradores. Atualmente, a gestão de reembolsos é um fator complicador para uma organização, pois envolve a comprovação de gastos por meio de notas fiscais e tudo fica confuso quando é feito em dinheiro. Uma plataforma online com o cartão corporativo é uma boa opção para quem quer organizar esses pontos com tecnologia e facilidade. Afinal, tudo o que é gasto vai ser registrado e fica alocado no sistema.

4 – Tenha uma alternativa para a dificuldade de crédito

Hoje, pequenas e médias empresas enfrentam diversos obstáculos quando estão em início de operação. Um deles é conseguir crédito para o dia a dia, por exemplo. Como ainda não existe faturamento porque a maioria está dando os primeiros passos, muitos bancos ficam receosos de liberar crédito e benefícios e, por isso, esses negócios não conseguem cartões para utilizarem com os colaboradores. O cartão corporativo pré-pago, por sua vez, permite que qualquer companhia tenha quantos cartões ela desejar sem qualquer consulta prévia.

5 – Consiga limites maiores com taxas pequenas

Os cartões de crédito oferecidos por instituições financeiras tradicionais costumam ter limites rigorosos na fatura e taxas na utilização de serviços, como saques. O pré-pago corporativo é uma alternativa interessante para conseguir condições mais vantajosas, obtendo um limite de pagamento maior do que as operadoras convencionais, possibilitando que a empresa possa fechar negócios de qualquer tamanho, e tenha um custo baixo, pagando apenas uma pequena taxa de manutenção mensal para cada usuário.

*David Holanda é CEO da Acesso

Tendências: