Capitalismo 24902

Capitalismo 24902

Cassio Grinberg*

13 de agosto de 2020 | 11h00

Cassio Grinberg. FOTO: DIVULGAÇÃO

Quantos anos você teria se não soubesse quantos anos tem? Com esta pergunta instigante, o fundador da Virgin, Richard Branson, introduz o tema Capitalismo 24902 em seu livro “Ouse fazer o bem, se divertir e ganhar dinheiro” — cujo título original “Screw Business as Usual” deixa ainda mais clara a mensagem.

Apresentando, dez anos atrás, um conceito que não poderia ser mais atual, o empresário defende que é papel das empresas e inclusive dos consumidores assumirem uma responsabilidade diferente diante dos problemas mais sérios do mundo. Chame isso de alto propósito, capitalismo consciente, capitalismo evolutivo, inclusivo ou mesmo um dos drivers para a importante ferramenta de ESG (Environmental, Social and Governance) — mas lembre que as empresas serão cada vez mais cobradas por uma ação ativa diante de uma necessária releitura do capitalismo. E isso é uma grande notícia.

Quantos anos sua empresa teria se você não soubesse quantos anos ela tem? Quando uma sorveteria dá sorvete de graça a uma cidade inteira, quando um vendedor de sapatos encomenda e lhe entrega uma pizza porque você ligou para o call center dele por engano, quando uma empresa que vende óculos dá um par de graça para cada um que vende, quando uma gigante do setor de cosméticos inclui um pai transgênero em uma campanha de Dia dos Pais, quando um fabricante de peças de plástico prevê não ter mais plástico nos produtos, quando uma empresa que fabrica jaquetas lhe pede que compre apenas uma jaqueta na vida ou quando uma rede que vende cafés convida você a permanecer nas lojas mesmo sem consumir — todas essas empresas estão lhe dizendo que mentalidade não diz respeito à idade; e que, mesmo que uma empresa não nasça consciente, ela tem a chance — senão a única alternativa — de se transformar.

Ben&Jerry’s, Zappos, Warby Parker, Natura, Lego, Patagonia, Starbucks (e quem sabe a sua empresa) são, além disso, líderes em seus setores e detentores de faturamento e valuation crescentes. Quantos anos o capitalismo teria se não soubesse quantos anos ele tem? Respondendo sua própria provocação, Richard Branson afirma que possui sempre vinte anos de idade, e que, conforme o tempo passa, vai aplicando um “certo multiplicador”. E não apenas porque ele tenta atravessar o Canal da Mancha em kitesurfe ou dar a volta ao mundo de balão. A terra tem uma circunferência de 24.902 milhas, e quando colocamos essa dimensão em perspectiva, fica mais fácil entender nosso papel no desenvolvimento dessa aldeia global.

*Cassio Grinberg, sócio da Grinberg Consulting e autor do livro Desaprenda – como se abrir para o novo pode nos levar mais longe

Tudo o que sabemos sobre:

Artigo

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: