Câmara de São Paulo lança cartilha com orientações para combater fake news

Câmara de São Paulo lança cartilha com orientações para combater fake news

Material produzido sob coordenação do advogado especialista em Direito Digital, Luiz Augusto Filizzola D'Urso, fala sobre riscos e consequências jurídicas e sociais da criação e compartilhamento de informações falsas

Redação

06 de julho de 2020 | 06h45

A Câmara Municipal de São Paulo lança nesta segunda-feira, 6, uma cartilha com orientações sobre o riscos e consequências da criação e compartilhamento de informações falsas.

O material apresenta, em linguagem simples, o conceito de fake news, as implicações jurídicas e sociais da proliferação de informações falsas, além da importância da colaboração da sociedade para combater a desinformação.

O documento traz ainda dicas práticas para identificar conteúdos duvidosos ou tirados de contexto, como atenção aos títulos apelativos, erros gramaticais e datas.

Trecho da cartilha ‘Todos Contra as Fake News’

O material foi produzido por uma parceria entra a Escola do Parlamento e a Associação Brasileira dos Advogados Criminalistas (Abracrim). “Iniciativas como a produção desta cartilha são ainda mais importantes neste momento de pandemia pelo qual estamos passando, já que o compartilhamento de informações corretas é essencial para que a população seja orientada de forma clara e precisa”, afirma o presidente da Câmara, Eduardo Tuma (PSDB).

O advogado Luiz Augusto Filizzola D’Urso, responsável pela coordenação do projeto. Foto: Divulgação

O projeto foi coordenado pelo dvogado Luiz Augusto Filizzola D’Urso, especialista em Direito Digital e presidente da Comissão Nacional de Cibercrimes da Abracrim. “Esta cartilha serve como material informativo para toda sociedade, sendo mais um importante passo no combate às fake news, as quais tanto prejudicam a democracia, causando profunda desinformação”, ressalta D’Urso.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.