Cães da Receita farejam 353 quilos de cocaína em tambores com suco de limão no porto

Cães da Receita farejam 353 quilos de cocaína em tambores com suco de limão no porto

Nova ofensiva do Fisco em Santos flagra droga em carga de exportação destinada ao Porto de Rotterdam, na Holanda

Redação

10 de abril de 2019 | 18h11

A Alfândega da Receita no Porto de Santos interceptou 353 kg de cocaína escondidos em uma carga de exportação destinada à Europa. Nesta quarta, 10, equipes da Alfândega, por meio de um trabalho de análise de risco e fazendo uso de imagens não invasivas obtidas pelo escaneamento de contêineres, selecionaram algumas cargas para inspeção física.

Em uma carga selecionada, composta por suco de limão concentrado em tambores, houve a indicação positiva dos cães de faro, aumentando as suspeitas.

No interior de três tambores, os auditores localizaram 300 tabletes de cocaína pesando 353 kg. O destino da carga seria o Porto de Rotterdam, na Holanda.

A Receita suspeita da técnica criminosa denominada rip-on/rip-off, em que a droga é inserida em uma carga lícita sem o conhecimento dos exportadores e importadores.

A Assessoria de Comunicação Institucional da Alfândega informou que a droga interceptada foi entregue à Delegacia de Polícia Federal de Santos, que prosseguirá com as investigações.