Cabo PM é preso por importunação sexual de mulher em mercado no Ceará; veja

Cabo PM é preso por importunação sexual de mulher em mercado no Ceará; veja

O cabo, que não teve a identidade revelada pela Polícia, teve liberdade provisória concedida pela justiça

Redação

29 de março de 2022 | 06h00

Imagens que circulam na internet flagram o momento em que um cabo da Polícia Militar paraibana encosta sua região íntima em uma mulher em um supermercado de Mauriti, município a 490 quilômetros de Fortaleza. A vítima, que não teve identidade revelada, carregava uma cesta de compras e estava parada ao lado de outra mulher. Elas estavam em frente à sessão de frios do estabelecimento no instante em que o policial à paisana caminhou, encostou e passou a mão nela. Ele foi preso acusado de importunação sexual, mas a justiça concedeu liberdade provisória. O suspeito já está no seu estado de origem. Veja:

No vídeo captado pelas câmeras de segurança do local, é possível notar que a mulher se assustou com a conduta do homem, que seguiu normalmente após assediar a jovem. Alguns segundos depois, ele pega uma cesta, olha para a vítima e diz algo não identificado. O caso aconteceu na última sexta-feira, 25. 

De acordo com informações da Polícia Militar do Ceará, o cabo foi capturado em frente uma agência bancária, localizada no centro da cidade. A vítima e o suspeito foram encaminhados para a Delegacia Regional de Polícia Civil de Brejo Santo. O crime de importunação sexual é caracterizado como um ato libidinoso praticado contra outra pessoa na presença de alguém de forma não consensual. Se condenado, o policial pode pegar uma pena de até cinco anos.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.