Blitz da Receita apreende 1 milhão de óculos no centro de São Paulo

Blitz da Receita apreende 1 milhão de óculos no centro de São Paulo

Operação usou mais de mil sacos para embalar produtos piratas com etiquetas de marcas famosas

Redação

15 Abril 2015 | 17h14

Operação Blind. Foto: Receita Federal.

Operação Blind. Foto: Receita Federal.

Por Julia Affonso e Fausto Macedo

A Receita Federal deflagrou nesta quarta feira, 15, a Operação Blind 3 na região de comércio popular do centro de São Paulo. Os auditores estimam que mais de um milhão de óculos de sol e de grau foram apreendidos. A Receita usou mais de mil sacos para embalar os óculos para o transporte até o depósito. A quantidade final ainda está sendo contada. É a maior apreensão de óculos já realizada na cidade de São Paulo.

A Assessoria de Comunicação da Receita em São Paulo informou que entre os produtos havia inclusive óculos infantis. Foram encontradas etiquetas de marcas famosas que eram coladas nos óculos falsificados.

A mercadoria era vendida em 35 boxes em uma área dedicada apenas à comercialização de óculos. Os produtos apreendidos eram em sua maioria falsificados. Outros estavam sem documentação de importação para comprovar a entrada regular no País.

Amostras dos óculos serão encaminhadas aos representantes das marcas para perícia. Comprovada a falsificação, os óculos serão destruídos.

‘Blind’ significa cego em inglês. O nome da operação faz referência aos danos que o uso de produtos desse tipo podem provocar à saúde do consumidor.

Mais conteúdo sobre:

Receita Federal