PF pega 100 lagartos, aranhas, sapos e peixes com biólogo russo em Cumbica

PF pega 100 lagartos, aranhas, sapos e peixes com biólogo russo em Cumbica

Animais vivos estavam em potes e garrafas de água mineral na bagagem do passageiro que pretendia embarcar para seu país

Samuel Costa

20 de janeiro de 2021 | 14h22

apreensao-animais-russo-aeroporto-cumbica-guarulhos-pf

Apreensão de animais no aeroporto de Cumbica. Foto: Polícia Federal

Um biólogo russo foi flagrado nesta madrugada de quarta (20) pela Polícia Federal (PF) tentando levar aproximadamente 100 animais vivos, incluindo lagartos, aranhas, sapos e peixes, do Brasil para a Rússia. A apreensão foi realizada no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, região metropolitana de São Paulo. De acordo com a PF, o homem escondia os animais em suas bagagens e tinha a intenção de comercializá-los no país europeu. 

Nas imagens feitas pela Polícia Federal, é mostrado que alguns animais foram colocados em potes de cozinha e os peixes foram depositados em garrafas de água mineral.  O suspeito confessou que veio ao País coletar os animais e informou que eles foram recolhidos nos estados de São Paulo, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. 

Após a conflagração da ocorrência, Ibama foi acionado e encaminhou uma equipe até o aeroporto. O Instituto Butantan também foi notificado e deve contribuir com a elaboração de relatório sobre as espécies apreendidas. 

VEJA AS FOTOS

apreensao-animais-russo-aeroporto-cumbica-guarulhos-pf

Apreensão de animais no aeroporto de Cumbica. Foto: Polícia Federal

apreensao-animais-russo-aeroporto-cumbica-guarulhos-pf

Apreensão de animais no aeroporto de Cumbica. Foto: Polícia Federal

apreensao-animais-russo-aeroporto-cumbica-guarulhos-pf

Apreensão de animais no aeroporto de Cumbica. Foto: Polícia Federal

apreensao-animais-russo-aeroporto-cumbica-guarulhos-pf

Apreensão de animais no aeroporto de Cumbica. Foto: Polícia Federal

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.