‘Berço’ de Fux e Barroso, Universidade Estadual do Rio volta a ter docentes titulares de Direito Financeiro e Tributário

‘Berço’ de Fux e Barroso, Universidade Estadual do Rio volta a ter docentes titulares de Direito Financeiro e Tributário

Após 'jejum' de cinco anos, instituição que formou ministros do Supremo e outros juristas passa a contar em seu corpo de professores com o procurador regional da República Luís César Souza de Queiroz e com o desembargador federal Marcus Abraham

Redação

06 de março de 2021 | 11h36

Luís Cesar Souza de Queiroz e Marcus Abraham. Fotos: Divulgação

Após um jejum de mais cinco anos, o Estado do Rio de Janeiro volta a ter professores titulares de Direito Financeiro e Tributário. O procurador regional da República Luís Cesar Souza de Queiroz e o desembargador federal Marcus Abraham vão lecionar na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj). A instituição formou juristas renomados, como os ministros Luis Fux e Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Membro do Ministério Público Federal desde 1991, com mestrado e doutorado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e pós-doutorado em Filosofia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Queiroz é professor na graduação e no programa de pós-graduação em Direito (PPGD/UERJ) e pesquisa sobre finanças públicas, tributação e desenvolvimento.

Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) no Maracanã, zona norte do Rio. Foto: Marcos Arcoverde/ Estadão

Desembargador do Tribunal Regional Federal da 2ª Região, com jurisdição no Rio de Janeiro e no Espírito Santo, desde 2012, com mestrado e doutorado pela Universidade Cândido Mendes e Uerj e pós-doutorado pela Universidade de Lisboa e UFRJ, Abraham também leciona na graduação e no PPGD e pesquisa sobre poder, administração e políticas públicas.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.