Battisti quer acesso a pedido da Itália por sua extradição

Battisti quer acesso a pedido da Itália por sua extradição

Advogados do italiano condenado em seu País à prisão perpétua alegam que Nota 151/2017 da Subchefia para Assuntos Jurídicos da Casa Civil cita solicitação de reconsideração da medida do governo brasileiro, em 2010, de não tirá-lo do País

Luiz Vassallo e Julia Affonso

26 de outubro de 2017 | 05h00

Battisti. Foto: Christophe Simon/AFP

O italiano Cesare Battisti, condenado em seu País à prisão perpétua por terrorismo, pediu ao Supremo Tribunal Federal, nesta quarta-feira, 25, acesso a documento do governo da Itália que pede reconsideração da decisão de não extraditá-lo. O documento foi citado pela Advocacia-Geral da União, em parecer ao Supremo.

Documento

A AGU indicou à Corte uma nota da Subchefia para Assuntos Jurídicos da Casa Civil (Nota SAJ nº 151/2017) que menciona a existência de um pedido de reconsideração formulado por Roma.

OUTRAS DO BLOG: – Juiz suspende bloqueio de bens de Joesley e Wesley, mas impõe seguro-garantia de R$ 238 mi
+ Juíza diz que ações contra concessões de Temer causam ‘confusão jurídica’
+ Tribunal declara inconstitucional veto a tatuagens em candidatos à PM
+ Vallisney nega adiar mais uma vez interrogatório de Eduardo Cunha

No documento protocolado pela AGU, é citado ‘pedido de reconsideração da decisão de não efetivar a entrega do extraditando conforme extradição autorizada pelo Supremo Tribunal Federal, protocolado pelo Estado Italiano no Ministério da Justiça e Segurança Pública em 22 de maio de 2017’.

No entanto, a defesa de Battisti alega que ‘apesar de citar expressamente o pedido de reconsideração formulado pela Itália’, ‘não houve a apresentação deste documento nos autos’.

“Desta forma, requer-se que seja expedida notificação ao Ministério da Justiça e Segurança Pública para apresentar nos autos o requerimento formulado pelo Estado da Itália, assim como a integralidade do procedimento dele derivado, considerando se tratar de documento essencial ao julgamento da causa, abrindo-se vista para manifestação do peticionário sobre o seu teor”, pedem os advogados de Battisti, os criminalistas Igor Tamasauskas, Pierpaolo Bottini, Natália Bertolo Bonfim, João Antônio Sucena Fonseca, Otávio Ribeiro Lima Mazieiro e Márcio Gesteira Palma.

Tudo o que sabemos sobre:

Cesare Battisti

Tendências: