Assista à íntegra da entrevista do ex-senador Delcídio Amaral

Assista à íntegra da entrevista do ex-senador Delcídio Amaral

Ex-líder do governo Dilma, cassado em 10 de maio por quebra de decoro parlamentar, foi o entrevistado do programa Roda Viva, da TV Cultura

Redação

17 de maio de 2016 | 11h00

Delcídio Amaral. Foto: Reprodução

Delcídio Amaral. Foto: Reprodução

O ex-senador Delcídio Amaral, cassado em 10 de maio por quebra de decoro parlamentar, foi o entrevistado do programa Roda Viva, da TV Cultura, nesta segunda-feira, 16. Durante o programa, Delcídio falou sobre Operação Lava Jato, sobre o novo governo do presidente em exercício Michel Temer (PMDB) e sobre a carta aberta de sua filha, Maria Eduarda Amaral, divulgada na semana passada.

Delcídio Amaral afirmou que não pode “botar a mão no fogo” pela inocência do presidente em exercício Michel Temer sobre suposta conivência com o esquema de corrupção na Petrobras. “Não posso botar a mão no fogo, até porque não conheço bem as relações dele”, disse Delcídio, ao participar do Roda Viva.

[veja_tambem]

O senador cassado disse torcer para que o governo Michel Temer dê certo, mas que os primeiros passos da gestão preocupam. Segundo Delcídio, Temer indicou “alguns ministros fraquinhos”, citando como exemplo o ministro de Minas e Energia, Fernando Bezerra Filho. Além disso, o ex-senador apontou como problema o fato de Temer não ter base social.

O ex-líder do governo Dilma declarou também que o PT “não inventou a corrupção na Petrobrás”. Delcídio, que atuou durante décadas no setor energético, afirmou contudo que, com o Partido dos Trabalhadores, houve uma “sistematização” da atuação partidária para operar desvios na Petrobras e em outras estatais.

Mais conteúdo sobre:

Delcídio Amaraloperação Lava Jato