Assista à espetacular perseguição da Polícia Rodoviária a um casal na Fernão Dias

Assista à espetacular perseguição da Polícia Rodoviária a um casal na Fernão Dias

Policiais rodoviários federais seguiram por 16 quilômetros veículo na divisa entre São Paulo e Minas

Julia Affonso

13 Fevereiro 2019 | 12h38

A Polícia Rodoviária Federal prendeu nesta terça-feira, 12, um homem e uma mulher após uma perseguição espetacular ao carro ocupado pelo casal, um Palio prata, por 16 quilômetros na Rodovia Fernão Dias, entre São Paulo e Minas. W. A. de S, de 48 anos, e F. M. dos S. M., de 32 anos, foram encaminhados à Polícia Civil e vão responder por uso de documento falso, receptação, desobediência e resistência.

Casal é parado em fiscalização da PRF e foge pela Rodovia Fernão Dias. Foto: Reprodução/PRF

A Polícia Rodoviária Federal informou que fazia uma fiscalização no quilômetro 7 da BR-381, na altura da cidade de Vargem (SP), quando deu um ‘sinal de parada a um veículo com placas de Belo Horizonte, ocupado por um casal’.

“O condutor deu a entender que pararia o veículo mas apenas diminuiu a velocidade e logo em seguida empreendeu fuga em altíssima velocidade sentido Minas Gerais sendo prontamente acompanhado pela viatura da PRF”, relatou a Polícia.

Já em Minas, na altura do quilômetro 949, os policiais perceberam que a passageira arremessou uma sacola pela janela, ‘possivelmente com algum ilícito’.

Os agentes da Polícia Rodoviária continuaram seguindo o veículo, que, em alta velocidade, passou a ultrapassar pelo acostamento e fechar os demais veículos.

Ao perceberem a fuga, policiais entram no carro da PRF. Foto: Reprodução/PRF

Durante a perseguição, carro bate em caminhão. Foto: Reprodução/PRF

Foto: Reprodução/PRF

Segundo relato da Polícia ‘em vista o perigo iminente de um grave acidente’, os policiais decidiram ‘abreviar a perseguição e efetuaram disparos contra os pneus do veículo que no quilômetro 940 perdeu o controle e colidiu’.

“Ainda assim o condutor prosseguiu em fuga a pé por mais 500 metros sendo alcançado e algemado após resistir. A sacola dispensada do veículo às margens da rodovia não foi encontrada sendo possivelmente pega por alguém das imediações”, supõe a PRF.

“O veículo, após procedimento de identificação veicular realizado pelos agentes, tratava-se na verdade de um outro veículo semelhante, produto de furto/roubo em Belo Horizonte, em julho de 2018. O documento do veículo era falsificado e também produto de furto.”

De acordo com a PRF, a mulher detida apresentou um documento com identificação falsa em nome de Evanice Souza dos Santos.

A Polícia afirma que já identificou a mulher e que ela usava identidade falsa como ‘garota de programa’.

Foto: PRF

Foto: PRF

Foto: PRF

Foto: PRF