Assembleia de São Paulo promulga aumento para servidores do TCE, mas presidência da Corte barra

Assembleia de São Paulo promulga aumento para servidores do TCE, mas presidência da Corte barra

Luiz Vassallo

14 de abril de 2020 | 19h36

Tribunal de Contas de São Paulo. Foto: TCESP

O presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, Cauê Macris, promulgou uma lei que dá aumento de 3,89% aos servidores do Tribunal de Contas do Estado. No mesmo dia, a Corte determinou a suspensão do reajuste em razão da crise do coronavírus.

O projeto foi enviado pelo TCE à Assembleia, e a relatória caiu com o deputado Delegado Olim (PP). Foi aprovado em março deste ano.

O Presidente do TCE, Conselheiro Edgard Camargo Rodrigues, afirma que ‘em função do momento de crise vivenciada pela pandemia do coronavírus (COVID-19), suspenderá, por prazo indeterminado, as liberações financeiras no órgão para esta finalidade, de forma que a reposição salarial não será paga enquanto perdurar esta situação’.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.