Argentino que ameaçava mulher do goleiro do Boca nas redes sociais é encontrado em Teresina após ação integrada do Ministério da Justiça e Polícia do Piauí

Argentino que ameaçava mulher do goleiro do Boca nas redes sociais é encontrado em Teresina após ação integrada do Ministério da Justiça e Polícia do Piauí

Redação

07 de maio de 2021 | 13h47

O goleiro Esteban Andrada. Foto: REUTERS/Juan Ignacio Roncoroni

O Ministério da Justiça e Segurança Pública e a Polícia Civil do Piauí identificaram um argentino responsável por supostas publicações em rede social com ameaças à Nerina Paola Galasso, mulher do goleiro do Boca Juniors, Esteban Andrada.

O argentino estava morando em Teresina. Em diligência na casa do suspeito, os investigadores apreenderam o aparelho celular supostamente utilizado para praticar o delito. O suspeito foi conduzido à delegacia, onde foi lavrado registro de ocorrência pelo crime de ameaça. Lá, ‘acabou confessando’, diz o MJSP.

Emblema do Boca Juniors. FOTO: REPRODUÇÃO

O caso foi investigado pela Delegacia de Repressão a Crimes Informáticos do Piauí, após uma solicitação da Unidad Fiscal Especializiada em Eventos Masivos. O Ministério Público da Argentina havia pedido colaboração das autoridades brasileiras para identificar a pessoa que estaria por trás do usuário investigado.

Com as informações repassadas pela equipe do Laboratório de Operações Cibernéticas do Ministério da Justiça e Segurança Pública, a Polícia Civil do Piauí conseguiu localizar o usuário da conta a partir da qual essas ameaças foram feitas.

La Bombonera. FOTO: MARCOS BRINDICCI/REUTERS

“O Cyberlab tem a função de integrar ações, facilitar caminhos e construir pontes entre as polícias judiciárias e outras polícias, principalmente com as aplicações de crimes na internet, possibilitando o alcance de resultados positivos”, diz o coordenador do Laboratório de Operações Cibernéticas do MJSP, Alesandro Barreto.

Tudo o que sabemos sobre:

Boca Juniors

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.