Aras dispensa vice e nomeia Humberto Jacques para o cargo

Aras dispensa vice e nomeia Humberto Jacques para o cargo

Procurador-Geral da República informou que se trata de ‘movimentação normal’ e que decisão foi ‘pedido’ de José Bonifácio Borges de Andrada

Pedro Prata/SÃO PAULO e Rafael Moraes Moura/BRASÍLIA

10 de março de 2020 | 10h17

O procurador-geral da República, Augusto Aras, dispensou do cargo o seu vice José Bonifácio Borges de Andrada nesta segunda, 9. Aras disse ao Estado se tratar de uma “movimentação normal”. Para o lugar de Andrada, ele nomeou o vice-procurador-geral eleitoral Humberto Jacques de Medeiros.

Foto: Reprodução

Em decisão publicada no Diário Oficial da União, Aras diz que tomou a decisão ‘a pedido’. Andrada estava no cargo desde 26 de setembro de 2019, quando o recém-empossado PGR nomeou sua equipe de trabalho. Ele já havia ocupado a função de vice-procurador-geral da República no segundo mandato de Rodrigo Janot. Também foi Advogado-Geral da União durante o último ano do governo Fernando Henrique Cardoso, em 2002.

A saída de Bonifácio Andrada, cuja relação com Aras vinha acumulando desgastes, pegou de surpresa procuradores ouvidos pela reportagem.

Humberto Jacques, por sua vez, estava na lista da equipe de trabalho de Aras. Ele é o vice-procurador-geral eleitoral. Em novembro do ano passado, Jacques buscou uma saída alternativa que previa a manutenção dos mandatos dos deputados ‘infiéis’ de PSB e PDT que votaram favoravelmente à Reforma da Previdência mesmo após seus partidos fecharem questão pelo voto contrário.

Em parecer enviado no mesmo mês ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Jacques se manifestou contra a coleta de assinaturas digitais para a criação de partidos. A medida ajudaria o Aliança, partido do presidente Jair Bolsonaro, a sair do papel. À época, o vice-procurador-geral eleitoral disse que todo o esforço na Justiça Eleitoral ‘é devotado ao tratamento dos documentos em papel’.

Augusto Aras: ‘Movimentação normal’. Foto: Dida Sampaio/Estadão

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: