Eduardo Cunha fala à Comissão da Câmara contra cassação de seu mandato

Eduardo Cunha fala à Comissão da Câmara contra cassação de seu mandato

Relator do recurso, deputado Ronaldo Fonseca (Pros-DF), recomenda a anulação da votação final do Conselho Ética, pela cassação de Cunha, por entender que a forma como foi feita não está prevista no Regimento da Casa

Redação

12 de julho de 2016 | 16h17

Alex Ferreira / Câmara dos Deputados

Eduardo Cunha. Foto: Alex Ferreira / Câmara dos Deputados

O deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) tem 2h32 nesta terça-feira, 12, para convencer a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) a aceitar o recurso contra a decisão do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar de encaminhar ao Plenário pedido de sua cassação.

O relator do recurso, deputado Ronaldo Fonseca (Pros-DF), recomenda a anulação da votação final do Conselho Ética, pela cassação de Cunha, por entender que a forma como foi feita não está prevista no Regimento Interno da Câmara dos Deputados.

O tempo dado a Eduardo Cunha é equivalente ao que Ronaldo Fonseca teve para a leitura de seu relatório e de sua complementação de voto sobre o caso.

O advogado Marcelo Nobre, que defende Eduardo Cunha, falou na sessão. “Meu cliente foi acusado de mentir na CPI da Petrobrás sobre a posse de contas não declaradas em seu Imposto de Renda, o que ele não pode fazer. Seria falsidade declarar como sua uma conta que não é sua”, disse.

Tudo o que sabemos sobre:

Eduardo Cunha

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.