Por 48 votos a 12, Comissão manda cassação de Eduardo Cunha a plenário

Por 48 votos a 12, Comissão manda cassação de Eduardo Cunha a plenário

Parlamentares da Constituição e Justiça da Câmara impõem ao ex-presidente da Casa pesado revés político que pode lhe custar o mandato

Redação

14 de julho de 2016 | 12h08

Eduardo Cunha. Foto: Luis Macedo / Câmara dos Deputados

Eduardo Cunha. Foto: Luis Macedo / Câmara dos Deputados

Os integrantes da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania votaram nesta quinta-feira, 14, o recurso do deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), ex-presidente da Câmara, contra a decisão do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar de encaminhar seu processo de cassação para o Plenário.

Por 48 a 12 e nenhuma abstenção, a Comissão da Câmara mandou a cassação de Eduardo Cunha a plenário. A votação no plenário deve ocorrer em agosto, após o recesso parlamentar.

Tudo o que sabemos sobre:

Eduardo Cunha

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.