Comissão do Impeachment, no Senado, ouve testemunhas de Dilma

Comissão do Impeachment, no Senado, ouve testemunhas de Dilma

O primeiro a falar foi Nelson Barbosa (à esq., na foto), ex-ministro do Planejamento

Redação

17 de junho de 2016 | 14h36

Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

O presidente da Comissão do Impeachment do Senado, Raimundo Lira (PMDB), abriu a reunião desta sexta-feira, 17, para ouvir testemunhas da presidente afastada Dilma Rousseff (PT). O primeiro a falar foi Nelson Barbosa, ex-ministro do Planejamento. A segunda testemunha é José Henrique Paim, ex-ministro da Educação.

Para Barbosa, ‘decretos de credito suplementar foram editados sem mudança no decreto de programação fiscal e assim não afetaram meta de resultado primário’. Segundo o ex-ministro, quando decretos foram editados havia apenas alerta do TCU. A prática foi suspensa quando da representação do Ministério Público, até esclarecimento da matéria, afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:

Dilma RousseffImpeachmentSenado

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: