Alexandre de Moraes toma posse no Supremo

Alexandre de Moraes toma posse no Supremo

Autoridades dos três Poderes da República estão presentes à cerimônia

Redação

22 Março 2017 | 16h33

Alexandre de Moraes. Foto: Dida Sampaio/Estadão

Alexandre de Moraes. Foto: Dida Sampaio/Estadão

O novo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, toma posse na Corte máxima nesta terça-feira, 22, às 16h. Autoridades dos três Poderes da República estão presentes à cerimônia.

O novo ministro será conduzido ao Plenário pelo ministro mais antigo (decano), Celso de Mello, e pelo mais recente, Edson Fachin. Na sequência, é lido o termo de posse pelo diretor-geral do Tribunal, Eduardo Toledo. O ministro empossado prestará então seu juramento e assinará o termo e o livro de posse. O presidente da República, Michel Temer (PMDB), e os presidentes da Câmara dos deputados, Rodrigo Maia, e do Senado Federal, Eunício Oliveira, compõem a mesa, assim como o procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Natural de São Paulo, Alexandre de Moraes tem 48 anos e será o 168º ministro do STF no período republicano. Foi nomeado para ocupar a vaga aberta em decorrência da morte do ministro Teori Zavascki, vítima de um acidente aéreo ocorrido em 19 de janeiro último. Moraes foi ministro de Estado da Justiça, secretário de Segurança Pública do estado de São Paulo e secretário municipal de Transportes da capital paulista. Atuou como advogado, consultor jurídico e promotor de Justiça em São Paulo, tendo integrado ainda o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), entre 2005 e 2007, em sua primeira composição. É graduado em Direito pela USP, possui doutorado em Direito do Estado e livre-docência em Direito Constitucional também pela Universidade de São Paulo. Alexandre de Moraes é professor associado da Faculdade de Direito do Largo de São Francisco (USP) e professor titular da Universidade Presbiteriana Mackenzie.

Mais conteúdo sobre:

STFAlexandre de Moraes