Quinze advogados ‘pela democracia’ pedem prisão de Moro

Entidade também requer cárcere para o diretor-executivo da PF no Paraná, por 'descumprimento' do alvará de soltura expedido pelo desembargador Rogério Favreto, do TRF-4, em face do ex-presidente Lula

Luiz Vassallo e Ricardo Brandt

08 Julho 2018 | 17h14

Uma entidade de advogados pediu ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região a prisão do juiz federal Sérgio Moro e do diretor-executivo da PF no Paraná. Eles alegam que ambos teriam descumprido alvará de soltura emitido pelo desembargador plantonista Rogério Favreto em face do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Documento

“Conforme consta do despacho da autoridade coatora, e Magistrado – notoriamente gozando férias em Portugal, e, portanto, sem jurisdição em sua própria vara, o juiz de primeiro grau ordenou que a Polícia Federal descumpra a ordem emanada por este Tribunal Regional Federal, nos termos abaixo transcritos”, afirmam.