Alberto Zacharias Toron é filmado sem calça em sessão remota do STJ; assista

Alberto Zacharias Toron é filmado sem calça em sessão remota do STJ; assista

Criminalista disse ao Estadão que optou por uma bermuda devido ao calor

Redação

09 de fevereiro de 2022 | 20h32

Criminalista foi filmado de bermuda em julgamento do STJ. Foto: Reprodução

O advogado criminalista Alberto Zacharias Toron, que trabalhou em casos famosos, como o processo contra o médium João de Deus e as ações da Lava Jato, foi filmado só com a parte de cima do terno durante um julgamento virtual do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

O detalhe só foi percebido porque o advogado se afastou da mesa de trabalho para fechar a porta do escritório. Ao invés de calça e sapato sociais, ele usava uma bermuda e um par de sandálias. Ao Estadão, Toron disse que dispensou a parte de baixo do traje devido ao calor.

“Eu não tinha ligado o ar-condicionado do meu escritório aqui em casa e depois que eu fiz a sustentação oral, que é uma defesa oral de 15 minutos, uma defesa acalorada, inflamada, eu senti calor. E aí eu senti que seria mal-educado desligar a câmera em um momento em que o ministro preferia o voto no meu processo”, afirmou ao blog.

“Não imaginei que a câmera fosse pegar. Aconteceu. Foi muito rápido. Acho que os ministros nem viram isso na hora. Uma coisa mínima, sem importância. Acho que é uma coisa menor”, completou.

A audiência remota, presidida pelo ministro Rogerio Schietti na terça-feira, 7, transcorreu normalmente, sem comentários sobre o episódio. Assista:

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.