Advogada de Bolsonaro diz que Wassef não representa o presidente em ações na Justiça

Advogada de Bolsonaro diz que Wassef não representa o presidente em ações na Justiça

Numa estratégia de desvincular o presidente da operação que prendeu Fabrício Queiroz, Karina Kufa divulgou nota nesta quinta-feira, 18, para afirmar que advogado que abrigou ex-assessor não representa Jair Bolsonaro judicialmente

Thiago Faria

18 de junho de 2020 | 19h32

Advogado Fred Wassef (à direita, com gravata amarela) participa de evento no dia 17 de junho no Palácio do Planalto, em Brasília Foto: Gabriela Biló/Estadão

Numa estratégia de desvincular o presidente Jair Bolsonaro da operação que prendeu o ex-assessor Fabrício Queiroz, a advogada Karina Kufa divulgou nota nesta quinta-feira, 18, para afirmar que Frederick Wassef não representa o presidente em nenhuma ação judicial. Queiroz foi encontrado em um imóvel de Wassef em Atibaia, no interior de São Paulo.

“O advogado Frederick Wassef não presta qualquer serviço advocatício em nenhuma ação em que seja parte o senhor Jair Messias Bolsonaro e não faz parte do referido escritório, não constando seu nome em qualquer processo”, diz a nota assinada por Kufa, que integra a direção do Aliança pelo Brasil, partido que o presidente tenta tirar do papel.

A prisão do ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) foi discutida em uma reunião de duas horas do presidente, ministros do Palácio do Planalto e da área jurídica. A conclusão foi de que era preciso tentar afastar Wassef de Bolsonaro.

O texto divulgado por Kufa, no entanto, não cita o acesso livre de Wassef nos palácios do Planalto e da Alvorada. O advogado esteve ao menos sete vezes com Bolsonaro nos últimos meses, mas nem todas foram registradas na agenda — apenas três delas.

Embora o advogado não represente Bolsonaro em ações judiciais, ele se apresenta como consultor jurídico do presidente. Questionado pelo Estadão no final do ano passado sobre por que não constava nos processos, Wassef justificou que indicava advogados para fazer o serviço.

A presença do advogado sempre criou incomodo nos auxiliares mais próximos do presidente, que o viam com desconfiança.

LEIA A ÍNTEGRA DA NOTA

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Diante das recentes informações veiculadas pela imprensa na data de hoje, nas quais se noticia que o advogado Frederick Wassef presta serviços advocatícios ao senhor Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, o escritório Kufa Advocacia esclarece que todas as ações do senhor Jair Messias Bolsonaro, sejam elas cíveis, criminais ou eleitorais, em curso no poder judiciário, exceto aquelas de competência da Advocacia Geral da União – AGU, estão sob a responsabilidade deste escritório, cuja única sócia é sua fundadora, Karina Kufa. O advogado Frederick Wassef não presta qualquer serviço advocatício em nenhuma ação em que seja parte o senhor Jair Messias Bolsonaro e não faz parte do referido escritório, não constando seu nome em qualquer processo. Atualmente, esta banca possui a honra de dividir os cuidados processuais de casos criminais com o escritório Moraes Pitombo Advogados, atuando de forma conjunta nos processos PET 7836, AP 1007 e AP 1008, em trâmite perante o E. Supremo Tribunal Federal, bem como na Ação Penal número 0004600-15.2018.4.01.3801 e no Inquérito Policial número 503/2018, ambos em curso no Tribunal Regional Federal da Primeira Região, inexistindo a participação de qualquer outro escritório ou advogado nas ações relacionadas ao senhor Jair Messias Bolsonaro ou no procedimento investigatório instaurado para apurar o delito do qual foi vítima.

A aludida ação penal nº 0004600-15.2018.4.01.3801 versa sobre o atentado sofrido pelo senhor Jair Messias Bolsonaro durante a campanha eleitoral de 2018, na Cidade de Juiz de Fora/MG, na qual este é parte na condição de assistente de acusação, em desfavor de Adélio Bispo. Cabe ressaltar que no relatório parcial do Inquérito Policial nº 503/2018 que investiga o atentado, o Delegado Doutor Rodrigo Morais Fernandes, no dia 12 de maio de 2020, afirma o seguinte: É o que temos a informar.

Karina Kufa.

Tudo o que sabemos sobre:

Frederick WassefJair Bolsonaro

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.