Adeus, Teori

Adeus, Teori

Corpo do ministro da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, no caixão coberto com a bandeira do Brasil, foi velado na sede do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região, em Porto Alegre

Fausto Macedo e Fernanda Yoneya

21 de janeiro de 2017 | 18h00

CRÉDITO: COMUNICAÇÃO SOCIAL TRF4

FOTOS: COMUNICAÇÃO SOCIAL TRF4

O ministro Teori Zavascki, relator da Operação Lava Jato, foi velado neste sábado, 21, no prédio-sede do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF4), em Porto Alegre.

Teori morreu na quinta-feira, 19, quando o avião que ocupava com mais quatro pessoas caiu no mar de Paraty, no Rio. Ele tinha 68 anos de idade, três filhos e uma trajetória inquestionável no Judiciário.

CRÉDITO: COMUNICAÇÃO SOCIAL TRF4

CRÉDITO: COMUNICAÇÃO SOCIAL TRF4

Neste sábado, o corpo do ministro do Supremo Tribunal Federal foi velado na sede do tribunal onde por longos anos atuou.

O caixão de Teori estava coberto com a bandeira do Brasil.

Políticos, magistrados e os familiares de Teori se despediram. Lá estiveram o presidente Michel Temer e a ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo.

CRÉDITO: COMUNICAÇÃO SOCIAL TRF4

‘É um homem de bem”, definiu Temer.

“É um verdadeiro herói”, declarou Sérgio Moro, símbolo da Lava Jato.

O ministro da Lava Jato foi sepultado no Cemitério Jardim da Paz, em Porto Alegre.

CRÉDITO: COMUNICAÇÃO SOCIAL TRF4

CRÉDITO: COMUNICAÇÃO SOCIAL TRF4

Tendências: