A íntegra do parecer que pede a cassação de Eduardo Cunha

A íntegra do parecer que pede a cassação de Eduardo Cunha

Deputado Marcos Rogério (DEM-RO), relator do Conselho de Ética da Câmara, afirmou que “já há provas suficientes de que o deputado Eduardo Cunha usou do cargo de deputado federal para receber vantagens indevidas”

Redação

01 de junho de 2016 | 19h03

Eduardo Cunha foi afastado do mandato por unanimidade. Foto: André Dusek/Estadão

Eduardo Cunha foi afastado do mandato pelo STF. Foto: André Dusek/Estadão

O relator do processo contra o deputado afastado Eduardo Cunha na Comissão de Ética, deputado Marcos Rogério (DEM-RO), pediu a cassação do mandato do parlamentar por quebra de decoro nesta quarta-feira, 1.

Documento

Em seu voto, lido durante a tarde em sessão no Conselho de Ética, o deputado afirmou que “já há provas suficientes de que o deputado Eduardo Cunha usou do cargo de deputado federal para receber vantagens indevidas”.

Durante a leitura do voto o relator afirmou que ‘durante anos, o deputado Eduardo Cunha omitiu à Câmara e nas sucessivas declarações de imposto de renda apresentadas à Receita Federal a titularidade de milhões de dólares no exterior’.

Rogério prosseguiu. “A instrução probatória efetuada demonstrou a prática habitual e contínua – já que as declarações de imposto de renda devem ser fornecidas à Câmara dos deputados ano a ano – de conduta dolosa destinada a falsear e omitir a existência de contas e patrimônio ilícito no exterior”.

Tudo o que sabemos sobre:

Eduardo Cunha

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: