A guia de depósito dos R$ 35 mil do amigo de Temer

A guia de depósito dos R$ 35 mil do amigo de Temer

Deputado Rocha Loures (PMDB/PR) entregou o dinheiro que faltava da mala com R$ 500 mil de propina viva da JBS apanhada por ele na noite de 24 de abril no estacionamento de uma pizzaria em São Paulo

Isadora Peron, de Brasília

25 de maio de 2017 | 18h07

O deputado Rocha Loures (PMDB/PR), amigo do presidente Michel Temer, entregou ao Supremo Tribunal Federal a guia de depósito judicial à ordem da Justiça Federal número 343160. O documento comprova a devolução de R$ 35 mil, parte final do montante de R$ 500 mil – 10 mil notas de R$ 50 – em propina viva da JBS que ele pegou na noite de 24 de abril no estacionamento de uma pizzaria nos Jardins, em São Paulo.

Na segunda-feira, 22, a defesa de Loures havia deixado na sede da Polícia Federal em São Paulo a maior parte da bolada, R$ 465 mil em espécie. Restavam os R$ 35 mil que, nesta quinta-feira, 25, ele depositou em conta judicial na Caixa Econômica Federal.

Delator entregou planilha ‘Temer’, documentos e anotação de partilha dos R$ 15 mi de propinas, pagos em 2014

‘A vida já é doce por natureza’, diz aliado de Temer que pegou 10 mil notas de R$ 50 da JBS

Contra o amigo de Temer pesa pedido de prisão apresentado pelo procurador-geral da República Rodrigo Janot ao Supremo. O ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato na Corte, não acolheu o pedido, limitou-se a suspender o mandato do peemedebista.

A propina milionária foi entregue a Loures por executivos da JBS que fecharam acordo de delação premiada com a Procuradoria-Geral da República. Ele é alvo de inquérito no Supremo, ao lado do presidente Michel Temer e do senador Aécio Neves (PSDB/MG)

Loures foi seguido por agentes da Polícia Federal que até o filmaram naquela noite de 24 de abril. As imagens mostram o aliado do presidente correndo pela Rua Pamplona até um táxi branco que o aguardava. Na ocasião, carregava a famosa mala dos R$ 500 mil.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.