A gestão da mudança no processo de desenvolvimento dos negócios e das pessoas

A gestão da mudança no processo de desenvolvimento dos negócios e das pessoas

Aline Sueth*

21 de julho de 2021 | 03h15

Aline Sueth. FOTO: DIVULGAÇÃO

O crescimento está ligado a uma necessidade de desenvolvimento constante, seja pessoal, profissional ou então de uma companhia como um todo. Tudo o que fazemos diariamente está sujeito a mudanças, por isso, a gestão deve sempre ir além da estratégia dos negócios e considerar o papel das pessoas nesta evolução.

Todos nós somos frequentemente submetidos a diversos processos de transformação e isso acaba gerando um impacto em todas as estruturas organizacionais. Uma jornada de transformação não é uma tarefa simples para as empresas, mas quando toda a equipe está unida, acreditando e impulsionando as mudanças, o resultado é claramente percebido no ambiente de trabalho.

E isso não está restrito ao ambiente físico, na sede da companhia. Quando a gestão da mudança é bem aplicada e disseminada, não importa onde as pessoas estejam, pois elas estarão integradas com os propósitos e valores de uma companhia em constante evolução.

Conduzir uma mudança, grande ou pequena, pode gerar uma série de impactos que precisam ser considerados. Uma gestão eficiente do processo trará resultados significativos. Por isso, é importante estabelecer pontos focais, pilares que vão sustentar e nortear toda a jornada. São eles:

Organização e estratégia caminham juntas: é preciso determinar quais são as mudanças e como elas vão ocorrer;

Barreiras devem ser eliminadas: no processo de gestão da mudança é preciso entender o porquê das barreiras existirem e gerarem resistência e, a partir daí, eliminá-las;

Aprendizado constante: mudar exige preparação, por isso toda a equipe precisa estar devidamente treinada e preparada para os novos desafios e oportunidades;

Comunicação é a chave: para garantir que o processo de evolução das mudanças aconteça da melhor forma possível, é fundamental que a comunicação seja clara, objetiva, transparente e capaz de atingir todo o público de interesse;

Mudança requer engajamento: reconhecer a importância do processo de evolução deve ser parte do dia a dia e, para que isso aconteça, o engajamento de todos é essencial;

Conquistas merecem ser celebradas: cada etapa do processo de gestão da mudança é uma conquista individual e/ou coletiva e merece ser celebrada;

Mudança é uma rotina: todo conhecimento adquirido durante o processo deve ser fortalecido continuamente, pois, desta forma, quando as próximas mudanças chegarem, o caminho já estará preparado.

O destaque dentre estes que, digamos, tem um papel de sustentação de todos os demais pilares é o treinamento. Afinal, é improvável conseguir realizar uma mudança efetiva e que gere resultados positivos sem que as pessoas envolvidas estejam preparadas para isso.

E quando falo desta preparação, é preciso ter em mente uma relação com algo contínuo, que vai se desenvolvendo ao longo do tempo e não apenas no momento específico do “boom” da mudança.

Sempre vão existir obstáculos e, para vencê-los, é preciso que as pessoas estejam capacitadas. Dentre tantas coisas que a atual situação da pandemia nos ensinou, acredito que o rompimento de barreiras é um dos destaques. Não importa onde você esteja, o diferencial é como você se adapta às situações e acredita que pode crescer junto com a empresa.

Acreditamos tanto nesta premissa que mesmo com as limitações de deslocamento, investimos em novas frentes e mantemos uma ampla programação de treinamentos on-line. Em 2020, foram mais de 72 mil horas de treinamentos, que contemplaram mais de 350 diferentes temas.

Para que a gestão da mudança seja efetiva nos negócios, o planejamento e envolvimento de todo o pessoal é fundamental. Mudar não é fácil, sair da zona de conforto pode, de certa forma, gerar receio, mas evoluir é preciso!

*Aline Sueth é palestrante, mentora e diretora de gente e gestão do Grupo Elfa

Tudo o que sabemos sobre:

Artigo

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.