A denúncia da PGR contra o governador Marconi Perillo

A denúncia da PGR contra o governador Marconi Perillo

Governador tucano de Goiás é acusado de corrupção passiva por, supostamente, ter recebido dinheiro para quitar dívidas de campanha em troca de aditivos para a Delta Engenharia

Redação

31 Março 2017 | 14h28

Marconi Perillo. Foto: Ueslei Marcelino/Reuters

Marconi Perillo. Foto: Ueslei Marcelino/Reuters

A Procuradoria-Geral da República (PGR) ofereceu denúncia ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) contra o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB). O tucano é acusado de corrupção passiva, por ter parte de uma dívida de campanha eleitoral, no valor de R$ 90 mil, paga em troca de um aditivo realizado em contrato do Estado com a Delta Engenharia.

Foram denunciados por corrupção ativa, na mesma investigação, o contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira; o empresário Fernando Cavendish, dono da Construtora Delta Engenharia; e Cláudio Dias Abreu, um ex-diretor da empreiteira para a região Centro-Oeste.A denúncia foi apresentada no dia 24 de março.

Documento

Mais conteúdo sobre:

Marconi PerilloPSDBSTJ