A construção das habilidades sociais e a escolha profissional

A construção das habilidades sociais e a escolha profissional

Simone Januário*

08 de junho de 2019 | 09h00

Simone Januário. FOTO: DIVULGAÇÃO

O conceito de habilidades sociais vem ganhando cada vez mais espaço no século 21.

A preocupação em desenvolver tais habilidades e a oferta de produtos (cursos, apps, atividades) relacionados ao tema torna-se cada vez mais comum nos espaços educacionais.

Relações saudáveis pressupõe habilidade social de seus envolvidos. Em outras palavras, ter compreensão e controle emocional, possibilita melhor qualidade da vida cotidiana.

Basta observar o trânsito para perceber que isso não é pouca coisa e talvez não seja fácil. Reconhecer as próprias emoções, comunicá-las adequadamente, controlar impulsos e ainda lidar com todos esses aspectos das pessoas que cruzam seu caminho é tarefa que requer muito desenvolvimento!

Lembrando ainda da importância do trabalho em equipe! As habilidades sociais são tão importantes, que já são avaliadas e desejadas dentro das empresas, nos processos de seleção. Mas o que isso tem a ver com escolha profissional?

Muita gente esquece que para escolher é preciso olhar para dentro. Autoconhecimento é fundamental nesse momento.

Perceber o caminho que as experiências da vida fazem dentro de si, os gostos e desgostos dos contatos sociais e principalmente, levar em consideração seus conhecimentos (não achismos!), proporcionam uma escolha mais tranquila.

Por fim, é importante lembrar que o mercado de trabalho tem muito a oferecer, novas necessidades, ocupações e oportunidades se abrem a cada dia, em vários campos do conhecimento.

É preciso se abrir as novidades do mundo profissional, entender que a responsabilidade e o prazer da escolha são momentos que valem a pena ser vividos!

*Simone Januário, psicóloga

Tudo o que sabemos sobre:

Artigo

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.