A busca acelerada pela perfeição

A busca acelerada pela perfeição

Eduardo Sucupira*

11 de abril de 2021 | 04h00

Eduardo Sucupira. FOTO: DIVULGAÇÃO

O isolamento social imposto pela pandemia do coronavírus, o fechamento dos centros comerciais, culturais, de entretenimento e turismo e o aumento das videoconferências são alguns dos fatores que estimularam o aumento da busca por procedimentos estéticos.

A maior exposição ao mundo virtual também está gerando interesse das pessoas pelos procedimentos estéticos e cirúrgicos durante a pandemia. Com as reuniões de trabalho, encontros com família e amigos acontecendo pela tela do computador ou do celular, a imagem fica mais em evidência. A busca pela perfeição pode levar a decisoes impensadas como por exemplo a realização de um procedimento estético irreversível. Pode, além do mais desencadear ansiedade e isolamento e fobia social e até depressão.

Sentir-se bem com a sua aparência é fundamental, mas é necessário cautela. A beleza e saúde são temas sérios e os procedimentos cirúrgicos, bem como aqueles minimamente invasivos exigem cuidados e devem ser realizados por profissionais habilitados. Afinal de contas, qualquer falha ou imprecisão pode comprometer os resultados almejados e, principalmente, a saúde e segurança do paciente.

Mais e mais pessoas recorrem às clínicas para corrigir algum defeito e se aproximarem do corpo ideal. Procedimentos estéticos estão longe de ser uma vaidade feminina. Homens também procuram os médicos, especialistas em busca de cirurgias cada vez menos invasivas e com cicatrizes pouco perceptíveis.

Em tempos de pandemia, os cuidados dever ser ainda maiores. Beleza e Saúde andam juntos. É importante se sentir bem , mas alguns cuidados devem ser tomados, como por exemplo ter a certeza de que você tem condições de cumprir com o isolamento social e quarentena no período de pós procedimento.

A escolha de um profissional sério lhe garantirá não somente a realização do procedimento com segurança, bem como lhe assegurará o respeito aos protocolos necessários para te manter em segurança antes e depois do procedimento estético.

Pacientes bem orientados, podem beneficiar-se dos resultados que irão lhe conferir bem estar e resgate da autoestima.

*Eduardo Sucupira, cirurgião plástico. Membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Membro titular do Colégio Brasileiro de Cirurgiões (CBC) e da International Society of Aesthetic Plastic Surgery (ISAPS). Membro internacional da American Society for Aesthetic Plastic Surgery (ASAPS). Mestre e Doutor pelo Programa de Cirurgia Translacional da Escola Paulista de Medicina pela Universidade Federal de São Paulo

Tudo o que sabemos sobre:

Artigo

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.