1.000.000 seguem Moro!

1.000.000 seguem Moro!

Marca foi atingida nesta quinta, 20, apenas dois meses e 16 dias depois de o ex-juiz da Lava Jato, atual ministro da Justiça e Segurança Pública, aderir ao Twitter

Redação

21 de junho de 2019 | 10h59

Sérgio Moro. Foto: Carl de Souza/AFP

1.000.000 já seguem Moro nas redes. A marca foi atingida nesta sexta, 21, apenas dois meses e 16 dias depois que o outrora poderoso juiz da Lava Jato aderiu ao Twitter.

Fenômeno nas redes, ele arregimentou 300 mil seguidores em poucas horas, no dia 4 de abril, quando assumiu o papel de tuiteiro, já como ministro da Justiça e Segurança Pública.

Em sua página, Sérgio Moro comenta, principalmente, operações exitosas da Polícia Federal e da Polícia Rodoviária Federal na ofensiva contra a corrupção, o crime organizado e a criminalidade violenta no País.

Nesse espaço ele é criticado e elogiado.

Moro tuiteiro vai do céu ao inferno, alvo de manifestações de apoio e de hostilidades.

Nesta quinta, 20 , postou uma mensagem de agradecimento aos senadores que tomaram seu depoimento na Comissão de Constituição e Justiça na quarta, 19, em audiência pública.

Durante quase 9 horas, o ex-juiz da Lava Jato repeliu que tenha cometido alguma irregularidade na condução da grande operação contra a corrupção que se instalou na Petrobrás entre 2004 e 2014 e em outros setores da administração, levando à condenação e prisão do ex-presidente Lula.

“Sobre ontem (quarta, 19). Agradeço, aliás, aos Senadores e Senadoras a oportunidade para esclarecer os fatos alusivos à invasão criminosa dos celulares de agentes públicos e a sua divulgação sensacionalista”, postou o ministro.

Tudo o que sabemos sobre:

Sérgio MoroTwitter

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.