‘Estadão Verifica’ inaugura serviço de newsletter no WhatsApp

‘Estadão Verifica’ inaugura serviço de newsletter no WhatsApp

Para receber diariamente uma mensagem com atualizações sobre as verificações mais importantes do dia, entre em contato com o número (11) 97683-7490

Estadão Verifica

14 de março de 2022 | 12h28

>> Atualizada em 16 de março de 2022.

O Estadão Verifica, núcleo de checagem de fatos do Estadão, passa a oferecer nesta semana um novo serviço por WhatsApp: uma newsletter diária com a verificação de boatos e mensagens enganosas mais impactantes do dia. Para receber, basta mandar uma mensagem no aplicativo para o número (11) 97683-7490 (clique aqui para entrar em contato).

Ao mandar um “oi” para o Estadão Verifica no WhatsApp, o leitor receberá uma mensagem com o menu principal.

Clique em “Inscrição na newsletter” e, em seguida, no botão de enviar.

Você receberá uma mensagem pedindo a confirmação de que deseja receber a newsletter. Clique em “Inscrever-se”.

Pronto! Na newsletter, o leitor receberá de segunda a sexta-feira uma mensagem às 19h com a checagem mais importante do dia. Nos últimos dias, a equipe de jornalistas do Estadão Verifica tem se dedicado principalmente a desmentir boatos sobre temas como o conflito entre Rússia e Ucrânia e vacinas de covid-19.

O WhatsApp do Verifica oferece outros serviços. No menu inicial, o leitor pode optar por receber uma mensagem com as checagens mais recentes publicadas.

Também é possível enviar textos, links, imagens, vídeos e áudios suspeitos para análise do time de checadores. Se o conteúdo enviado já tiver sido verificado por nossa equipe, o usuário receberá a checagem de forma automática, em segundos. A equipe dá prioridade a conteúdos que possam causar danos a grupos e indivíduos. Como o volume de mensagens recebidas é muito grande, infelizmente não é possível responder a cada pessoa individualmente.

O Estadão Verifica checa conteúdos suspeitos compartilhados no aplicativo de mensagens desde 2018. Em 2020, o núcleo fechou uma parceria com o WhatsApp para acelerar o fluxo de trabalho no app e melhorar o atendimento ao público com um “bot”. O desenvolvimento ficou a cargo da Meedan, uma organização internacional de tecnologia sem fins lucrativos que constrói ferramentas de código aberto para redações jornalísticas e para o público.

O serviço do Estadão Verifica no WhatsApp terá em breve uma atualização para facilitar a escolha de opções no menu inicial, com botões clicáveis. O desenvolvimento se dará nas próximas semanas.

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.