Vídeo em que Haddad diz que ‘eleição acabou’ é de 2016
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Vídeo em que Haddad diz que ‘eleição acabou’ é de 2016

Gravação tem circulado nas redes sociais como se candidato à Presidência estivesse desistindo da campanha

Estadão Verifica

04 Outubro 2018 | 14h56

checagem abaixo foi publicada pelo Projeto Comprova. A verificação foi realizada por uma equipe de jornalistas do Estado. Outras redações concordaram com a checagem, no processo conhecido como “crosscheck”.

Projeto Comprova é uma coalizão de 24 veículos de mídia com o objetivo de combater a desinformação durante o período eleitoral. Você pode sugerir checagens por meio do número de WhatsApp (11) 97795-0022.

A postagem de vídeo que diz que o candidato à Presidência Fernando Haddad (PT) “jogou a toalha” para a campanha à Presidência da República é enganosa. A gravação que aparece no post viral é verdadeira, mas foi registrada em 2016, após a derrota do petista à Prefeitura de São Paulo. Na época, Haddad concorria à reeleição, mas perdeu no primeiro turno para João Doria (PSDB), candidato ao governo do Estado.

Para verificar a informação, o Comprova fez uma busca no Google com as palavras-chave “Haddad” “doação” “dívidas de campanha”, termos que aparecem durante a fala dele na gravação.

Assim, foi possível encontrar uma reportagem do portal G1, que relatava o caso. O vídeo original foi publicado na página oficial de Haddad no Facebook, em 18 de outubro de 2016, cerca de 16 dias após o primeiro turno daquele pleito, realizado em 2 de outubro de 2016.

Na gravação de 2016, Haddad pedia contribuições de qualquer valor para cobrir os gastos da campanha à reeleição. “A eleição acabou, mas a campanha ainda não (…) Nós temos ainda alguns profissionais que precisam receber pelo trabalho que fizeram”, disse o petista pouco antes de indicar um link em que o internauta pudesse fazer uma doação. “Isso vai nos ajudar muito a quitar esses compromissos com esses profissionais e seguir a vida, porque a vida política não para”, afirmou.

O vídeo com a descrição enganosa viralizou na rede. Apenas 1 deles, publicado no Facebook por Adelço Jorge na terça-feira, 2 de outubro, teve mais de 121 mil visualizações de 5,3 mil compartilhamentos até a tarde desta quarta-feira, 3 de outubro. Outras versões também circulam no WhatsApp.

A própria campanha de Haddad fez um desmentido do conteúdo.

Mais conteúdo sobre:

fernando haddadjoão doriafake news