Vídeo da greve dos caminhoneiros do ano passado é falsamente atribuído a ato pró-Bolsonaro
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Vídeo da greve dos caminhoneiros do ano passado é falsamente atribuído a ato pró-Bolsonaro

Gravação mostra paralisação de caminhões em ponte sobre o Rio Pinheiros em maio de 2018

Alessandra Monnerat

30 de maio de 2019 | 11h27

Publicação no Facebook usa vídeo antigo com legenda falsa. Foto: Reprodução/Facebook

Um vídeo da greve dos caminhoneiros do ano passado foi falsamente relacionado aos atos pró-governo do último domingo, 26. No Facebook, um usuário publicou que caminhoneiros bloqueando uma ponte estariam se manifestando em apoio ao presidente Jair Bolsonaro e seguiriam para Brasília. No entanto, a mesma gravação já havia sido postada em 21 de maio de 2018 no YouTube.

A publicação com legenda falsa obteve mais de 104 mil visualizações desde o último sábado, 25. Por meio da ferramenta de verificação de vídeo InVid, é possível encontrar o contexto original da gravação. Há postagens no YouTube do mesmo vídeo dos dias 21, 22, 23 e 24 de maio de 2018, datas em que ocorreu a greve dos caminhoneiros (veja abaixo).

A via bloqueada pelos caminhões é a Ponte Edson de Godoy Bueno, sobre o Rio Pinheiros. Imagens do Google Maps confirmam que se trata do mesmo lugar mostrado na gravação. Em uma das publicação no YouTube, o local é erroneamente identificado como o viaduto Cebolão.

Este conteúdo foi selecionado para checagem por meio da parceria entre Estadão Verifica e Facebook (leia mais aqui). Para sugerir checagens, envie uma mensagem por WhatsApp ao número (11) 99263-7900.

Tudo o que sabemos sobre:

caminhoneirojair bolsonarofake news

Tendências: