Site usa notícia antiga para sugerir que governo Bolsonaro levou a fechamento de lojas
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Site usa notícia antiga para sugerir que governo Bolsonaro levou a fechamento de lojas

Texto de 2016 informava sobre encerramento de unidades do Walmart, parte de um plano global da marca

Alessandra Monnerat

30 de agosto de 2019 | 17h06

O fundo de private equity Advent fechou acordo para comprar uma fatia de 80% nas operações da rede no Brasil Foto: PAULO WHITAKER/REUTERS-14/2/201

Um artigo amplamente compartilhado no Facebook usa um texto publicado em 2016 pelo site de notícias G1 para insinuar que o governo Bolsonaro levou ao fechamento de 60 lojas da varejista Walmart no Brasil. A publicação enganosa utiliza uma foto do presidente Jair Bolsonaro e reproduz integralmente a notícia de três anos atrás.

O texto original do G1 informa sobre o fechamento de 60 lojas da Walmart no Brasil, incluindo unidades de outras bandeiras da rede. De acordo com a empresa, essas lojas tinham baixa produtividade. A operação fazia parte de um plano global para encerrar 269 lojas da marca no mundo. Em 2017, mais cinco lojas foram fechadas no País.

No ano seguinte, o Estado mostrou que a Walmart tentava reestruturar sua operação fora dos Estados Unidos para tentar reduzir as perdas de participação de mercado para suas rivais ao redor do mundo. Também em 2018, a empresa anunciou a venda de 80% de seus negócios no Brasil para o fundo americano Advent International. A atuação da Walmart no Brasil perdeu força com problemas operacionais e os efeitos da recessão.

A Advent anunciou em 2018 que investiria R$ 1,9 bilhão nas lojas Walmart no Brasil até 2021. A operação da marca, no entanto, continua enfrentando dificuldades. Em maio deste ano, a companhia comunicou que encerraria as vendas pelo site, passando a focar nas lojas físicas — 70 trabalhadores foram demitidos. Nova reportagem do Estado neste mês mostrou as dificuldades da marca, a terceira no mercado de redes de supermercado no País.

Este conteúdo foi selecionado para checagem por meio da parceria entre Estadão Verifica e Facebook. Para sugerir verificações, envie uma mensagem por WhatsApp ao número (11) 99263-7900.

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: