As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Receba checagens de boatos em seu WhatsApp: se inscreva no grupo do Estadão Verifica

Apenas a equipe do Estadão Verifica poderá enviar mensagens ao grupo, e o conteúdo vai se restringir a verificações

Da equipe Verifica

11 de abril de 2019 | 18h15

O aplicativo de mensagens WhatsApp. Foto: Webster2703/Pixabay

Você quer receber checagens sobre os boatos mais compartilhados em redes sociais em seu WhatsApp? Entre no grupo do Estadão Verifica para ser avisado sobre nossas publicações. É possível se inscrever por meio deste link ou mandando uma mensagem ao número (11) 99263-7900.

Apenas a equipe do Estadão Verifica poderá enviar mensagens ao grupo, e o conteúdo vai se restringir a checagens. É importante notar que, ao se inscrever para participar, seu número de telefone ficará visível para os outros integrantes do grupo. Se o link para adesão não funcionar, por favor nos avise mandando uma mensagem.

Se você tem uma sugestão de verificação para nossa equipe, envie diretamente ao número (11) 99263-7900. Infelizmente, devido ao grande volume de contatos recebidos, não conseguimos atender a todas as demandas. Desde julho de 2018, já recebemos 138 mil mensagens de leitores.

O desmonte de rumores é feito principalmente por meio de consulta a fontes oficiais sobre o assunto em questão, como bancos de dados públicos e órgãos governamentais. Também podem ser checadas fontes alternativas, como pesquisas, relatórios e entrevistas com especialistas.

O objetivo é encontrar informações que confirmem ou desmintam a mensagem que está sendo compartilhada no WhatsApp. Segundo essa metodologia, opiniões, comentários, previsões sobre o futuro e conceitos amplos não podem ser checados.

Tudo o que sabemos sobre:

whatsappestadão verificafake news

Tendências: