Posts usam fotos fora de contexto para alegar que Doria mentiu sobre reunião com embaixador chinês
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Posts usam fotos fora de contexto para alegar que Doria mentiu sobre reunião com embaixador chinês

Imagens do governador paulista com empresários da China são de 2019, anteriores à pandemia

Victor Pinheiro, especial para o Estadão

30 de abril de 2021 | 18h02

Conteúdos enganosos nas redes sociais usam imagens fora de contexto do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), ao lado de empresários chineses para insinuar que o político mentiu ao negar ter participado de uma conferência ‘fora de agenda’ com outros governadores e o embaixador da China no Brasil.

Leitores solicitaram a checagem deste conteúdo por WhatsApp, 11 97683-7490.

O boato remete a uma entrevista do governador à Jovem Pan em março de 2020, na qual o apresentador Augusto Nunes (por volta do minuto 30:45) questiona Doria a respeito de uma suposta reunião entre ele e outros quatro chefes estaduais com o embaixador chinês, Yang Wanming, sobre assuntos relacionados à pandemia de covid-19. 

Sites bolsonaristas divulgaram, na época, trechos de uma suposta nota oficial sobre o evento, que teria sido obtida por meio de um “webchat da embaixada da China no Brasil”. Indagado por Nunes, Doria disse que a informação era falsa e que desconhecia o comunicado atribuído à instituição diplomática. “O encontro inexistiu”, disse o governador na entrevista.

Consultados pelo Br Político, em março de 2020, Doria e os governadores Helder Barbalho (MDB-PA), Eduardo Leite (PSDB-RS) e Ronaldo Caiado (DEM-GO) disseram ter conversado por telefone com o embaixador Yang Wanming, separadamente, e não em uma reunião secreta.

Estadão Verifica entrou em contato com a Embaixada da China mas não obteve resposta até o momento desta publicação.

Um dos conteúdos enganosos analisados pelo Estadão Verifica afirma que João Doria teria mentido em rede nacional e sugere que quatro fotos “desmascaram” o político. As imagens, no entanto, foram registradas em 2019, antes da pandemia e não têm qualquer relação com o assunto da entrevista do governador à Jovem Pan.

Quatro fotos apresentadas no post retratam uma viagem internacional de João Doria à China em agosto de 2019. As imagens foram publicadas em uma notícia no site do Governo de São Paulo. A matéria explica que o executivo paulista promoveu reuniões com empresários do setor ferroviário chinês para discutir possíveis investimentos em projetos de infraestrutura no estado. 

O homem que aparece em destaque em três fotos ao lado do Doria é Chen FengJian, ex-presidente da empresa estatal China Railway Construction Corporation (CRCC). Já a imagem que mostra um grupo de pessoas reunidas em uma mesa com um painel ao fundo escrito “Missão China” corresponde a um registro feito em julho de 2019 de uma reunião preparatória do Governo de São Paulo para a missão internacional no país asiático.

O próprio governador divulgou um vídeo em suas redes sociais sobre o evento. 

Embora tenha sido publicado no Facebook em abril de 2020, o conteúdo analisado pela reportagem voltou a ganhar tração na plataforma recentemente. Até o fechamento deste artigo, o post acumulava mais de 67 mil compartilhamentos na rede social. O boato também é difundido no Twitter e no WhatsApp. 

Tudo o que sabemos sobre:

joão doriaChina [Ásia]coronavírus

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.