As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Polícia Rodoviária Federal desmente boato sobre ‘atentado’ em Brumadinho

Da equipe do Verifica

27 de janeiro de 2019 | 23h14

Como se não bastasse a tragédia em si, algumas pessoas resolveram espalhar desinformação e teorias conspiratórias sobre o rompimento da barragem em Brumadinho (MG). Um dos boatos que mais se espalharam cita a participação de agentes estrangeiros em um suposto atentado no local. A Polícia Rodoviária Federal, citada em texto que circula no WhatsApp, publicou a seguinte nota sobre o assunto:

“Desde a manhã de hoje, 26 de janeiro, circula em redes sociais e aplicativos de mensagens instantâneas texto relatando prisões de estrangeiros pela polícia rodoviária federal próximo da cidade de Brumadinho, Minas Gerais, após abordagem, acompanhamento de veículo e revide de disparos de arma de fogo.

INFORMAMOS QUE a Polícia Rodoviária Federal não registrou ocorrências envolvendo estrangeiros no estado de Minas Gerais ou quaisquer outras prisões que tenham relação com a tragédia em Brumadinho.

No momento nos solidarizamos com os parentes e amigos que ainda se angustiam na busca de desaparecidos e empreendemos esforços, juntamente com diversas outras instituições, para amenizar os efeitos da tragédia.”

Se você receber mensagens com boatos similares, envie cópia dessa nota para o remetente e explique, de forma educada, que espalhar desinformação sobre a tragédia é uma forma de desrespeitar as vítimas e os que trabalham nas operações de resgate, além dos profissionais empenhados em trazer informações precisas sobre o episódio.

 

 

Tendências: